...

Continue a semear | Pr. Arlem Mafra

Igreja Viva | publicado há 1 mês

Na nossa vida é necessário que assumamos papéis que demandam do nosso tempo, recursos e responsabilidade.

Tendo isso em mente hoje vamos refletir a respeito da parábola do semeador e como os princípios contidos nela implicam no nosso cotidiano.

“— Um semeador saiu a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho, foi pisada, e as aves do céu a comeram. Outra parte caiu sobre a pedra e, tendo crescido, secou por falta de umidade. Outra caiu no meio dos espinhos; e os espinhos, ao crescerem com ela, a sufocaram. Outra, enfim, caiu em boa terra; cresceu e produziu a cem por um. Dizendo isto, Jesus clamou: — Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.” Lucas 8:5-8

Nessa parábola Jesus se refere a sua palavra e como é o coração de quem ela frutifica, mas ao escolher um semeador, homem comum, para exemplificar o serviço de se mover pelo reino de Deus, Ele nos revela algumas outras dinâmicas da trajetória com o Senhor.

O primeiro ponto que podemos levar em consideração ao olharmos para essa parábola e trazê-la para nossa vida é o fato do homem ter saído a semear.

Isso significa que ele se moveu em direção daquilo que almejava, assim também é necessário que nos movamos dentro daquilo que nos é proposto, da responsabilidade que nos é dada ou do que é necessário para alcançar um objetivo.

Se temos uma promessa, se estamos lutando por algo específico ou simplesmente desejamos alcançar um alvo, nosso papel é nos movermos em direção a ele insistentemente, pois assim como o semeador nosso papel é semear com perseverança dentro daquilo que nos foi dado.

O segundo ponto a ser ressaltado nesse contexto é a quantidade de sementes lançadas e o valor da semente que vingou. Pois isso nos revela uma trajetória de grande esforço e grande recompensa.

O homem saiu a semear e semeou quatro sementes, empenhando em cada semente lançada o mesmo esforço, atenção e esperança. Mas por fatores externos viu três delas morrerem. E mesmo a terceira que brotou apesar das dificuldades, foi sufocada pelos espinhos e não vingou. Contudo, ao plantar a quarta semente ela não só brotou, como também produziu frutos a cem por um.

Por muitas vezes semeamos apoiados em nossas próprias forças e recursos acreditando que isso será o suficiente para fazer com que a semente vingue, porém não temos controle sobre as intempéries da vida e por conta de fatores externos a semente pode morrer. Um relacionamento não progredir, um negócio não ser fechado, um familiar não ser curado, um filho se perder, entre outras diversas situações das quais dispensamos energia e esperança, mas que parecem nunca progredir.

Mesmo assim o Senhor nos encoraja a continuar agindo em direção ao objetivo. E continuar semeando com o mesmo afinco e vigor do início de nossa jornada. Empregando esforços humanos e espirituais mas apoiados na força da Palavra de Deus.

Entendendo que esperar Nele é caminhar em fé, mesmo sabendo que nem tudo que nos propomos a realizar, de fato dará certo e que alguns frutos nunca serão colhidos por nós. Mas com a certeza de que no momento do Senhor tudo será favorável ao desenvolvimento da semente. E nesse instante todo esforço empregado durante o caminho será recompensado com frutos em quantidade muito maior do que esperávamos.

Então se está passando por um terreno pedregoso ou cheio de espinhos onde você semeia e nada colhe, tenha coragem e continue até chegar a terra boa. E lembre-se, que sempre que se o cansaço te abater nos braços do Pai sempre haverá um local de descanso, pois quando somos fracos é aí que somos fortes Nele.

Confira as fotos!

Confira abaixo a pregação na íntegra e um pouco de como foi nosso culto no dia 15 de maio.

VIDA IBB

Igreja Viva | publicado há 2 dias

Barbarakah que tem origem hebraica significa, filhos da benção e é um programa voltado ao desenvolvimento espiritual dos adolescentes de nossa comunidade, durante o ano em que completam 15 ano...

#juventude-cross
Igreja Viva | publicado há 2 dias

Invista no futuro da sua criança.

Nossas crianças são o nosso futuro e é por meio delas que temos a oportunidade de construir uma realidade social melhor,cheia de amor, solidariedade...

#familia

ver todas