...

Como se mover em direção a promessa de Deus para sua família

pregaçãodedomingo | publicado há 2 semanas

Como se mover em direção a promessa de Deus para sua família

A família é um sonho de Deus, um projeto perfeito que reflete seu amor pela humanidade. 
No mundo atual, muitos valores familiares foram  dissolvidos, tornando as relações mais difíceis e fazendo com  que muitos dos filhos Deus estejam inseridos em famílias disfuncionais, desestruturadas e cheias de conflitos.

Diante disso, muitos perdem a esperança e, talvez, você esteja neste lugar, hoje.
Mas é importante que você saiba que Deus é especialista em transformar aquilo que não tinha valor em um tesouro único. Para isso, é necessário que você apresente tudo diante Dele com a firme decisão de colaborar de forma intencional, com aquilo que Ele deseja realizar em seu lar.

Em Gênesis 12.1-3 o Senhor fez uma promessa sobre a linhagem de Abraão, mas também o convida a se mover para que isso aconteça.

“  Então o Senhor disse a Abrão: “Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei.  “Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção.  Abençoarei os que o abençoarem e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados”. 


O final da história é lindo, Abrão se torna Abraão, o pai de muitos e aquilo que parecia impossível acontece: Aos 100 anos Sara dá à luz a um bebê, Isaque, o filho da promessa, o pai de Jacó que se tornou Israel, de onde veio Jesus!

Assim como para Abraão e Sara, existe uma promessa de restauração do Senhor para sua família, e o Pai te convida a  caminhar em direção a ela dando passos de fé. 
Você pode começar colocando em prática três atitudes muito simples, são elas: intercer, acolher e testemunhar.


Interceder

Interceder por sua família é depositar toda sua esperança no poder de Deus, apresentando em oração a vida de seus familiares, sua relação com eles, a forma como você se sente diante de cada um, os conflitos que se repetem, as áreas mais sensíveis desses relacionamentos, as necessidades materiais. Ou seja, colocar tudo debaixo da soberania do Senhor.

Acolher 

Já acolher é se colocar no lugar do outro de forma empática, reconhecendo seus familiares como pessoas com problemas, traumas e dificuldades, assim como você. 

Por exemplo: Se você acha seu pai uma pessoa difícil de conviver, já parou para pensar que provavelmente ele também não acha sua personalidade fácil de lidar? 

Por isso, faça o possível para enxergar as situações por outros ângulos e acolha os  sentimentos de seus familiares quando eles expressarem, suas insatisfações, angústias, dificuldades e fragilidades, sem olhar com julgamento, mesmo que não concorde. Isso te ajudará a evitar alguns conflitos.


Testemunhar

O maior exemplo é aquele que é ensinado com a vida, por isso se você deseja ter uma família unida, temente ao Senhor, onde todos ocupam seus papéis e convivem bem, tome você a iniciativa de ser mais tolerante, trabalhar para desempenhar  melhor o seu papel, estar presente e testemunhar o presença de Deus na vida.


Acompanhe a série de mensagens “ De volta ao fundamento”, para orar de forma assertiva e tomar atitudes conscientes pela restauração de sua família.

VIDA IBB

...
igreja viva | publicado há 3 dias
#culto-domingo
...
igreja viva | publicado há 1 semana
PGM

ver todas