...

A graça e o chamado de Deus para a santidade

Igreja Viva | publicado há 3 meses

"Na salvação Deus tira você da lama. Na santificação, Deus tira a lama de você." - John Piper

Ao recebermos Jesus somos chamados viver uma vida de aperfeiçoamento constante com o objetivo de nos parecermos cada dia mais com Ele, ou seja, sermos santos. Sendo assim a busca pela santidade para um cristão é tão importante quanto o aperfeiçoamento do amor ao próximo.

14 Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. 15 Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, 16 pois está escrito: “Sejam santos, porque eu sou santo” (1 Pedro 1.13-16)

A palavra santificação significa separação para uso exclusivo, ou seja, buscar a santidade e levar uma vida separada e consagrada em sua totalidade ao Senhor.

Contudo precisamos ter o entendimento de que porque em Cristo fomos salvos, posicionalmente já somos santos, mas por sabermos que apenas no dia do grande encontro com o Senhor seremos santos em completude devemos buscar aqui crescer progressivamente em santidade;

Nossa teologia aponta para a santificação como uma obra de Deus em nós através do agir do Espírito Santo onde cada cristão está ativamente envolvido e é responsável. O que resulta sempre em transformação de vidas, sociedades e povos. Além de promover a libertação do poder do pecado sobre nossas vidas.

E como dito anteriormente esse é um projeto de Deus em nós, marcado sim por nosso comprometimento e crescimento enquanto cristãos mas possibilitado pela graça.

É o próprio Espírito Santo quem nos convence do pecado e nos guia para a justiça, nos lembra do que Jesus ensinou e direciona para a verdade:

8 Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo. 9 Do pecado, porque os homens não creem em mim; 10 da justiça, porque vou para o Pai, e vocês não me verão mais; 11 e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está condenado. (João 16:8-11)

26 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse. (João 14:26)

13 Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. (João 16:13)

E diante disso, qual é o nosso papel?

Somos chamados a trabalhar ativamente pela santidade, quebrando vícios e pecados, nos alimentando da palavra, fugindo de situações tentadoras, examinando nossas intenções e clamando constantemente pela presença do Senhor.

Tudo isso com a consciência de que nossa natureza é pecaminosa e só por meio da graça, da qual somos incapazes de merecer, somos lavados e diariamente e recebemos uma nova chance todos os dias, de crescer nos achegando a Deus.

Concluindo, a reflexão a respeito da doutrina da santificação não serve apenas para exortar aqueles que permanecem em pecado, mas também para consolar os que sofrem na luta contra eles. Pois dentro de tudo que conversamos, um dos pontos mais importantes para guardarmos em nossa mente, é que quando pertencemos ao Senhor e consagramos a Ele nossos dias, temos a capacidade sobrenatural do Espírito Santo para buscar a santidade independente das circunstâncias.

Confira as mensagens completas a respeito do tema e um pouco de como foram nossos últimos cultos logo abaixo:


VIDA IBB

...
Igreja Viva | publicado há 18 horas
#culto-domingo
#cura e libertação

ver todas